Sanatório: Brasil fora da Copa… mas vamos te tirar da fossa

Para trazer o Hexa à  Seleção Brasileira, precisaríamos de um time composto somente por estrelas.

Infelizmente não foi desta vez. Brasil fora da Copa da Rússia, mas com um sentimento de que não fomos tão mal como no triste passado do 7×1.
Como dito pelo Fernando Vanucci “É preciso mudar ou Mudar de vez” porque a próxima copa, em 2022 “não é tão longe. É logo ali”.

Brasil fora da Copa

Pensando nisso que nós do Papo de Louco, em um esforço milenar digno de um estudo de caso em Harvard, criamos a Seleção dos Brasileiros. Composta pelas maiores celebridades da cultura popular tupiniquim também ilustrado no nosso episódio Papo de Louco #077 – A Seleção dos Brasileiros. Gostamos tanto deste episódio que resolvemos o transcrever com algumas pequenas alterações.

Comissão tecnica

Uma das tarefas básicas para a criação de um elenco conciso e imponente é ter figuras que espelhem sabedoria, versatilidade e empatia.

Com um grande Skill motivacional, especialista em comerciais para operadoras de telefonia patrocinadoras da seleção e com a mais importante habilidade “saber assoviar para chamar a atenção do time”. Marcos Chiesa (Bola do Pânico) seria um nome forte para ocupar esta cadeira.

Além dele, um nome forte para auxiliar na coordenação seria Gilberto Barros, já que com certeza o Brasil passaria para as quartas de finais sem problemas pois será “Quarta Total” e a final seria em um domingo, “Domingão do Leão”. Seria o Leão o nosso Flavio Teixeira também conhecido como Murtosa? Outro auxiliar tecnico que entende de escalada seria Sergio Rangel, biólogo do programa Eliana, que entende de natureza e escalada.

Esquema tático:

O esquema tático mais indicado e versátil será o 4:3:3. Porque a gente quis e ponto.

Comentarista esportivo

Ninguém mais, ninguém menos que Márcio Canuto seria o comentarista esportivo oficial da seleção brasileira.

Claro que, como ele sendo um homem do povo, teria que ficar mais proximo tanto dos torcedores quanto dos jogadores. Por isso, nada melhor do que vestirmos um Jetpack em Marcio Canuto para sobrevoar o gramado em meio a partida.

Fazendo par com este ancora do jornalismo popular, David Brasil para entrevistar os jogadores em campo na saída e retorno dos intervalos.

Quadro de arbitragem

A arbitragem nesta copa é um assunto polêmico. O VAR (video assistant referee) não é confiável por isso criamos um sistema muito melhor conhecido como TAR (Truck assistant referee). Um caminhão que ficará fora do estádio,  com monitores em preto e branco para garantir imparcialidade, recebendo sinal das principais emissoras locais de televisão que transmitirão o jogo e auditado pelos  próprios torcedores que não conseguiram comprar ingresso a tempo.

Mas vamos falar dele, do arbitro de campo, o dono do apito, Vitas. Sim aquele que sabe como apitar com classe. Auxiliado por Geraldo Magela e Kátia, a cega, como bandeirinhas e Juiz Sergio Moro como quarto arbitro decidindo quem entra, quem sai e a penalidade, ou melhor o acréscimo de tempo de jogo.

Escalação

Agora sim! Falaremos deles. Aqueles que terão a honra de visita a amarelinha em campo.

Goleiro

Este ícone dos anos 80 e 90 da Televisão brasileira, Sergio Malandro como Mallandrovisky, pegava penaltis das crianças  de todo o território nacional com cara de fúria frente ao SBT. Extremamente articulado e preparado, sem precisar de uma barreira, defenderia a nossa rede.

Quando o adversário se aproximar, ele o intimidará com seus gritos de “Pula!” , “Grita!”, “Se joga no chão” que o deixara desesperado.

Não podemos deixar de falar que o principe da Xuxa sera o único goleiro de todas as copas a trajar uma capa e entrar em campo montado em seu cavalo.

Zagueiros

Pensamos em um homem altamente capaz de entradas duras, forte na divida e cabeçadas para barrar o ataque do time adversário. Clóvis Basílio dos Santos, o famoso Kid Bengala, não tomaria bola entre suas pernas nem por um decreto.

E como todo quase todo o time tem um jogador naturalizado, o Indiano Dhalsin esticaria seus membros para parar a bola. Fora o Show pirotécnico. Yogah Flame!!!

 

Laterais

Outro jogador escalado para auxiliar o indiano naturalizado e que também entende de fogo, ou melhor de fumaça seria Marcelo D2. Também conhecido como o maior batedor de faltas daquele time por estar sempre a procura da batida perfeita. E na outra ponta, alguém que tenha agilidade para receber lançamentos distantes, com facilidade de avançar pelo campo sem ser interceptada, e claro trazer representatividade feminina para nosso time, a funcionaria publica “Senhora! Senhora!”

 

Volante

Se tem alguém que entende de volante é ele ou melhor são eles Os Leleks do passinho do volante que facilmente fariam um rodízio e revezariam esta posição. Pelo menos a coreografia da comemoração da assistência ja estará mais do que ensaiada.

 

 

Meia Esquerda e Meia direita

Por que não trazermos um meia esquerda cheio de garra e que poderia botar fogo, literalmente, no meio de campo? Luis Ricardo, um dos Bozos mais queridos pelo homem do baú, seria o maior motivador daquele time. Com um sapato tamanho 63 em seu pé de palhaço desarmaria o ataque pelas pontas e daria apoio ao meio de campo e ataque.

No país do futebol não podemos deixar também nossos representantes do folclore nacional encarregados de representar nossa cultura fora dessa. Diretamente de terras amazônicas ludibriaria o adversário sem deixar rastros, O Curupira, com grande categoria, fazendo passes de calcanhar e de letra, é mais do que certo para nos representar. Ninguém melhore do que ele para armar jogadas no gramado, assim como costuma armar armadilhas nas matas.

Ponta Direita e Ponta Esquerda

Pensamos em uma máquina de eximia pontaria para ocupar esta posição, a maquina do Gol Show. Mas nossa equipe técnica descobriu que por traz daquela máquina havia um homem. Exemplo de servidão e com estilo, nome digno de craque da década de 70, o mito , a lenda viva, Liminha.

Do outro lado, teremos um rabisqueiro. Aquele homem que passa pela defesa costurando com facilidade e que desenha toda a jogada. Daniel Azulay, o cartunista que nos alegrou com seu talento nas manhãs e tardes da telinha.

Centro Avante

Finalmente aquele será a maior estrela do nosso time, o homem mais proximo de Deus, até mesmo mais próximo que cavaleiro de ouro Shakka de Virgem, INRI Cristo. Para a alegria da nação, ele não é somente um homem de fé mas sim a fé em pessoa. Quando fizer um gol, a faixa escrita 100% EU cobrirá sua testa em meio àquelas lindas madeixas.

A torcida contara com o apoio das INRI Cretes para darem moral a este homem a frente do tempo dos homens.

Mascotes

Eles já caíram no gosto da galera. Possuem carisma, habilidades artísticas, originalidade e garra. A Carreta Furacão, também  conhecida internacionalmente The Hurricane Trucks, como símbolo do nosso país resume tudo isso que foi falado e mais alguns conceitos abstratos que nem eles mesmos sabem quais são para fazerem a interface da torcida com os jogadores.

 

Presidência

E por ultimo e não menos importante o nosso Cartola, presidente e dono da CBF, ou melhor SBF (Sistema brasileiro de futebol), admirado por nosso elenco de estrelas Senor Abravanel, o Silvio Santos, Homem do baú, para financiar e tomar as principais decisões e diretrizes deste elenco .

 

Agora sim a memorável frase de Jorge Lobo Zagalo poderá ser dita sem medo. Vocês vão ter que nos engolir.

 

Texto por: Luciano Munhoz