GBG Especial – Um ano de Gambiarra Board Games

Um ano de gambiarras bem feitas

Neste episódio especial de um ano de Gambiarra Board Games, Gustavo Lopes e Carolina Gusmão falam sobre a origem do Gambiarra Board Games, sobre a história do podcast, curiosidades e respondem perguntas da galera ao longo de um programa com diversos quadros. Rolou review da coleção, Top 5 Jogos que não apareceram ainda no podcast e mais um monte de coisa bacana. Mas claro, gostaríamos imensamente de agradecer a todos que ouvem o nosso podcast, acompanham, compartilharam nosso conteúdo, apoiam o GBG e estão conosco aí, independentemente de quando nos encontramos nessa caminhada, o importante é caminharmos juntos. Forte abraço!

Um ano de Gambiarra Board Games

Edição: Gustavo Lopes
Capa: Gustavo Lopes

Veja mais!

Se liga no Instagram do Gambiarra Board Games, recheado de fotos dos jogos que a gente joga e muito mais. Não esquece de seguir a gente por lá: @gambiarraboardgames

Ouça também

Se você curtiu desse cast, confere mais alguns episódios bacanas fora das resenhas que fazemos semanalmente:

Seja um Padrinho

Agradecimento aos Padrinhos:

  • Brendo Marinho; Cleiton Medeiros; Dalton Soares; Debersom Nascimento; Diego Silva; Diego Cruz; Gustavo Leitão; Jota (João Paulo); Pensador Louco; Rebeca Serra; Rhuan de Oliveira; Ricardo Orosco; Sebastião Nunes; Vitor Campoy

Contribua para ajudar o Papo de Louco a crescer e receba acesso a conteúdos exclusivos, além de fazer parte do nosso grupo de mensagens no WhatsApp: https://www.padrim.com.br/papodelouco

Apoio

  • Acessórios BG: A Acessórios BG é uma empresa de impressão 3D que fabrica acessórios e componentes para board games sob demanda, procurando sempre criar seus produtos para ter um catálogo único! https://www.acessoriosbg.com.br/
  • Board Games São Paulo (BGSP): O Grupo BoardGames São Paulo foi criado em 2015 com a proposta de reunir os jogadores de hogos de tabuleiro moderno do estado de São Paulo e principalmente na capital. Como uma oportunidade mais ampla de atingir esse objetivo, iniciaram organização de Eventos na cidade de São Paulo e hoje o encontro é um dos maiores eventos mensais de board games do Brasil. Atualmente, ocorre na Game Vault, no endereço Rua das Azaléas, 138 – Mirandópolis, São Paulo – SP. https://boardgamessp.com.br/
  • Boards & Burgers: Canal e evento do Sandro Campagnoli parceirasso do nosso podcast, sobre jogos de tabuleiro com um conteúdo extremamente exclusivo. Quem não conhece não está ouvindo nosso podcast direito: https://www.youtube.com/boards&burgers

Se você é uma editora, lojista ou possui um negócio relacionado a board games e tem interesse de se tornar um parceiro do Gambiarra Board Games, entre em contato conosco.

—————————————————————————

Quer participar do programa ou mandar um feedback para nós?

Mande um email para: contato@papodelouco.com

Siga o nosso Feed no seu agregador de podcasts ou utilize um dos links abaixo!

Subscribe on iTunes
Subscribe on Android
Subscribe on Spotify

Um comentário em “GBG Especial – Um ano de Gambiarra Board Games

  • 4 de agosto de 2020 em 04:05
    Permalink

    Bom dia pessoal, parabéns por esse primeiro ano de podcasts do Gambiarra Board Games, desde que comecei a ouvir vocês não parei mais, e sempre acompanho tanto por aqui, como no Instagram e nos compartilhamentos do Facebook e faço questão de interagir com vocês, pois vocês merecem o reconhecimento e a exposição em palavras, quer seja escrita ou falada.

    Parei de ouvir os podcasts pendentes para ouvir ouvir este ‘cast especial’, acabei de ouvir há poucos minutos e lhes digo que ficou muito bom, gostei da música de fundo e de todos os efeitos sonoros, hehehe 🙂

    A pauta foi muito boa, as perguntas da galera foram muito boas e as respostas sensacionais, sempre divertidas, de bom humor e com alto astral, além de super instrutivas e esclarecedoras, bacana mesmo. 😀

    Minha filha antes de dormir viu a publicação de vocês no Instagram (a imagem/foto) e perguntou quem eram vocês, expliquei a ela e ela pediu para escutar a voz de vocês, ela gostou muito, hehehe. 🙂

    Por fim, digo a vocês que Mombasa, agora em 2020, até o presente momento, é meu top 1 geral, gosto muuuito da jogabilidade e engenhosidade do jogo e acho muito bonito na mesa e assim como Puerto Rico e Five Tribes, aos quais também gosto bastante, particularmente, encaro os temas polêmicos como fontes históricas de aprendizado sobre como era nos tempos passados, principalmente acerca dos países colonizados, pois a história, a meu ver não tem e nem pode ser apagada, pra mim tem que servir de exemplo para que não se repita mais e por aí vai, negar informação lúdica as gerações futuras, seria como no tempo que queimavam livros para que o conhecimento não fosse repassado…,

    …quer maneira mais bacana e leve de aprender sobre assuntos pesados/polêmicos do que jogando jogos de mesa?

    Esse temas polêmicos estão presentes em filmes, livros, seriados, na música, porque não podem/poderiam estar no jogo de mesa? Eis a questão. O que não se pode fazer a meu ver, é fazer piada/chacota sobre as questões degradantes desse passado. Um outro jogo com essa temática polêmica que adquiri recentemente e quero muito jogar é o Endeavor, dizem que é um excelente jogo.

    Agora o tipo de jogo que não concordo, não jogaria e não faço questão de ter na coleção são aqueles que fazem ‘chacota’ e piada ao vivo, uns com os outros na mesa de jogo e da sociedade como um todo, pelo que dizem, pois nunca joguei, são aqueles de cartas, ‘bem pesadinhas’, teve um até que foi cancelado no catarse, que se chamava ‘Pescotapa na Pantera’, esses passo longe…, …pra mim, esses jogos não acrescentam nada ao hobby, pelo contrário, atrai negatividade e pode afastar a galera do bem.

    Abraço e fiquem com Deus. Graça e paz. 😉

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *