SANATÓRIO: Alguém Chamando meu Nome

Você com certeza já teve a impressão de ouvir chamarem teu nome, mesmo estando sozinho.

Aquela impressão que te faz parar o que está fazendo e aguçar a audição para ouvir melhor, sem ter certeza se seu nome foi realmente chamado, esperando alguém chamar de novo.

E quase sempre ninguém chama de novo, você dá de ombros como se não tivesse importância e continua o que estava fazendo.

Mas tudo ganha importância, você responde…

Existem entidades e espíritos ao nosso redor e muitas delas desejam interagir fisicamente com nossa realidade, e a única maneira deles conseguirem é usando nossas energias e corpo físico como catalisador.

Muitos deles são desencarnados que não conseguem se desprender de nosso mundo e acabam se tornando vagantes ou ancorados em determinado local, onde buscam sentir aquilo que sentiam em vida.

E eles escolhem suas “vítimas” com muito cuidado, concentrando seus esforços naqueles que estão fisicamente, psicologicamente ou espiritualmente fracos. Então eles acumulam o que podem de energia e tentam entrar em contato, criar uma conexão com seu catalisador.

E como eles fazem isso?

Sussurrando seu nome…

A conexão é estabelecida no momento que você responde, nem que seja um simples “O que?” ou “Quem é?”. Assim que ele desprende a energia para sussurrar seu nome e você responde a esse estímulo, você abre o canal de comunicação, recebendo a energia, e entidade/espírito vai te acompanhar dali em diante, tentando sentir o máximo de emoções possíveis, até fazendo sugestões para que você faça aquilo que as satisfaria.

Portanto, não responda quando tiver a impressão de ouvir chamarem teu nome. Essa impressão significa que alguma entidade ou espírito está te espreitando há algum tempo e deseja usar seu corpo como conexão com o mundo físico e, uma vez que esta conexão é estabelecida, é extremamente complicado encerrá-la.

Mas você já respondeu não é mesmo?

Tenho péssimas notícias para você…

 

texto por: Tiago Sousa

10 comentários em “SANATÓRIO: Alguém Chamando meu Nome

  • 29 de outubro de 2020 em 13:50
    Permalink

    Hoje pela manhã eu escutei uma voz me chamando pelo meu nome e eu respondi e agora o que eu faço estou com medo

    Resposta
  • 22 de dezembro de 2020 em 06:28
    Permalink

    Hoje dia 22.12 Acordei escutando meu benome bem alto mesmo ,achei q era até meu irmão,mas não respondi e ontem dia 21.12.2020 ; meu espelho caiu no chão e simplesmente quebrou do nada só quebrou no meio não deixou nem cacos no chão .Estranho essas coisas.

    Resposta
  • 27 de janeiro de 2021 em 13:04
    Permalink

    Hoje dia 27/1/2021 eu acorodei e fui destrancar o meu quarto só que quando eu abrincadeira a porta eu escutei alguém me chamando parecia a vós de uma mulher eu fiquei com muito medo mas não respondi porque isso já aconteceu variàs vezes comigo mas eu pensei essa vóssea não é da minha mãe e nem da minha vó só podia ser um (espireto) e eu tavá só zilha em casa estava não ainda estou .Mas aí eu nem liguei para vós que chamou meu nome bem baixinho e vim agora pesquisar na enternete e achei essa aba da enternete.Efoi isso desculpa pelo texto gigante

    Resposta
  • 28 de fevereiro de 2021 em 13:28
    Permalink

    escutei alguem chamando meu nome varios dias, pensei q fosse minha mae mas quando perguntei a ela oq ouve ela disse q nao avia me chamado ent procurei em sites pra saber oq podia estar acontecendo comigo;-;

    Resposta
    • 2 de abril de 2021 em 06:25
      Permalink

      Encontrou alguma coisa? Pq acontece comigo, é a voz da minha mãe, inclusive agora acordei, coração disparado.

      Resposta
  • 18 de março de 2021 em 12:28
    Permalink

    A algum tempo eu venho ouvindo vocês que chama pelo meu nome, e hoje de manhã não foi diferente.
    Eu estava dormindo e essa voz surruro tão forte no meus ouvidos que me acordei. E parei e respondi “oi oque é você oque você quer” ?
    Gostaria de saber dessa péssima notícia, quero ver isso não sair de mim.
    Eai a gente vê quem tem mais poder e autoridade, uma mera entidade ou O Senhor dos Exércitos.

    Resposta
  • 30 de março de 2021 em 20:23
    Permalink

    Omtem na hora da janta escultei minha sogra hamando minha esposa respondi e ela foi ver mais n era ninguem porem sonhei com minja sogra se suicidando e no meu servico algu tentou me assustar.

    Resposta
  • 27 de junho de 2021 em 01:55
    Permalink

    Quando tinha entre 11~14 anos, ouvia muito chamarem meu nome. sempre era a voz de um conhecido.
    Nessa época eu e meus amigos sempre nos aventurávamos na mata ao redor da cidade, cada um pegava um estilingue e um embornal cheio de pedras e sumia no mato.
    Caçávamos passarinhos, preás e as vezes arriscávamos pegar um coelho, mas esse era difícil. Costumávamos fazer cabanas no mato, era como um clubinho nosso. Enfim passávamos muito tempo no mato, e com isso aprendemos e descobrimos coisas sobrenaturais. Dessas coisas sobrenaturais uma delas era ouvir as vozes gritando nosso nome, isso era bem comum, eram vozes de conhecidos e familiares. Quando a voz gritava o meu nome ou do meu irmão ela imitava a voz da nossa mãe as vezes de nossa irmã mais velha. Na primeira vez pensávamos que era realmente nossa mãe e corremos para casa, mas não ficava ninguém em casa durante o dia.
    Minha mãe tinha(e ainda tem até hoje) uma pequena loja na cidade e ela passava o dia inteiro lá trabalhando, quando era hora do almoço ela vinha pra casa preparar o almoço, e logo em seguida voltava pra loja.
    Era fácil se enganar com esses chamados, porque todos ouviam a mesma coisa, então para nós tinha realmente alguém chamando.
    Lembro que no mesmo dia do primeiro chamado, nos questionamos nossa mãe porque ela tinha gritado nosso nome e quando chegamos em casa ela não estava mais. Foi ai que minha mãe nos disse que não havia chamado ninguém, que havia ficado o tempo todo na loja. Continuamos conversando e insistimos que ouvimos a voz dela nos chamando, foi ai que nossa mãe explicou que isso seria algo sobrenatural. De acordo com ela “de primeirão”(termo usado por ela para se referir ao passado) quando mais jovem também as vezes ela ouvia uma voz chamando, e que nunca se deve responder, também nos contou para nunca responder “entre” ou “pode entrar” quando ouvir algo batendo na porta de casa. As vezes pode acontecer da coisa sobrenatural ir até a casa da pessoa e bater na porta esperando ser convidada a entrar.
    Depois que soube oque era eu passei a não responder mais as vozes. O estranho, era que sempre ocorria quase no mesmo lugar.
    No outro dia, reunidos no mato contamos o caso aos amigos, alguns já sabiam. ( e não falaram nd -,-).
    Acontecia mais coisas como, sensação de estar sendo seguido (isso sempre dava um frio na barriga). As vezes acontecia de se perder no mato, isso assustava muito, perdíamos pontos de referencia era como se o mato muda-se de lugar.
    Depois dos 14 anos nossas idas ao mato, foram mais poucas. Eu e meu irmão passamos a ajudar mais a nossa mãe na loja dela, além disso passávamos boas horas usando o computador .Alguns dos amigos começaram a trabalhar para ajudar os pais e também já pensávamos muito em garotas e a ideia de ir para o mato com um grupo de garotos parecia estranho. Mas ainda íamos as vezes, mas as vozes já não ouvíamos mais como antes.
    Sabe, depois de descobrir e vivenciar essas coisas eu passei a ter medo de ficar em casa sozinho, acredito que lá em casa tinha algo sobrenatural, teve um dia que eu e meu irmão(Você deve estar achando estranho meu irmão estar em todas as historias que conto, o caso é que somos gêmeos e passávamos muito tempo juntos) estávamos no quarto de nossa irmã jogando no pc, estávamos bem concentrados no jogo e de repente algo tentou abrir a janela do quarto(Era daquelas janelas venezianas de ferro) ficava mexendo a janela de um lado pro outro tentando abrir, isso deu um baita susto na gente e cada vez que mexia a janela assustava mais (essas janelas venezianas de ferro são barulhentas) com o susto corremos pra sala, e de repente a tv ligou. Ficamos ainda mais assustados e corremos pra porta da frente abrimos e corremos para o portão do quintal, abrimos e corremos para a rua, ficamos morrendo de medo esperando um dos nossos pais chegarem.
    Sei que pode haver uma explicação logica para isso, na janela pode ter sido alguém tentando roubar a casa, a tv pode ter sido que algum de nos tenha programado para ligar e todos essas fatos ocorreram em um timing perfeito. Sei que pode haver inúmeras explicações, mas para mim foi algo sobrenatural, conto essa historia porque de tudo que vivenciei naquela casa essa foi a que me deu mais medo.
    Já vi uma pequena esfera de luz flutuando sumir de traz de uma porta, já houvi passos durante a noite.
    Na casa vizinha nossa ja ocorreu também, la mora um dos amigos que ia junto ao mato. Teve um dia que a mãe dele chegou desesperada na porta de casa, ela estava com ele dormindo nos braços dela. De acordo com ela tinha alguém assobiando no quintal dela e continuava. Ela chegou em casa e deixou o menino no sofa e logo em seguida ela e minha mãe(minha mãe sempre esta nas historias porque era ela que ficava mais tempo conosco, meu pai fazia viagens e ficava poucos dias em casa) começou a jogar pedras no quintal para ver se era alguém mesmo, ficaram uns 5 minutos jogando pedras e o assobio parou, a vizinha pegou o menino e volto pra casa(ela morava sozinha na casa com o filho, o marido dela trabalhava em sp e só vinha pra casa nas ferias) e disse que voltaria se ocorre-se denovo, bem ela não voltou então acho q não ocorreu de novo.

    Bom acho que aquilo que estava no mato, que nos chamava fazia isso.
    Nos meus 16 anos nos mudamos mais para o centro da cidade, com isso nunca mais voltei naquele mato, os eventos que ocorriam antes já não ocorriam mais nessa casa nova. Apesar de tudo que ocorria, eu gostava muito daquela casa, foi la que vivi a maior parte da minha infância, com a mudança os cachorros de estimação que tinha tivemos que doar, isso doeu bastante eu gostava demais deles.
    Hoje 11 anos depois da mudança, aquele mato se tornou um loteamento, meus amigos daquela época só consegui manter o contato com 4 contando o meu irmão, alguns deles ja são casados e ja tem filhos.
    A casa depois que nos mudamos ja teve vários outros moradores, mas hj em dia ninguém mora lá mais, ela esta sem telhado, sem portas, sem janelas. Acho que os outros moradores também devem ter percebido que coisas estranhas aconteciam.
    Eu ainda sonho muito com aquela casa, a maioria dos sonhos que tenho com ela fazem meu coração doer de saudade, as vezes me da medo, outras vezes são tão estranhos.

    Bom era pra ser um relato sobre as vozes que ouvia, mas acredito que cada fato dito aqui teve seu inicio lá com as vozes.

    Resposta
  • 2 de julho de 2021 em 15:24
    Permalink

    eu tou lascada? chamou meu nome 2 x e outra pessoa tb escutou surreal o negócio…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *