Sanatório Jornalístico: Por que (não) devo ver Boku no Pico

Tudo que você precisa saber desse clássico chamado Boku no Pico.

“cade as/os namoradinha/o?”; “Vai prestar o que no vestibular?”; “Você já assistiu Boku no Pico?”. Essas três perguntas todo mundo já ouviu alguma vez na vida, e se não ouviu tenho certeza que em breve irá, e prestando um serviço de utilidade pública, visando informar e trazer um conteúdo jornalístico e de qualidade, nós do Papo de Louco vamos ajudar a entender essa dúvida mundial (ou diria até universal) que foi levantada no nosso episódio #34 – Animes Clássicos: Por que devo assistir Boku no Pico?

Antes de tudo, você precisa entender o que é o anime Boku no Pico (ou meu Pico em uma tradução literal), que podemos descrever como uma história de amor (mais emocionante que Crepúsculo) entre um garoto jovem, loiro e afeminado chamado Pico e Tamotsu, um homem adulto que acha que Pico é uma garota. Você está esperando o resto da sinopse? Não tem, acabou, serio mesmo, Boku no Pico é a porra de uma história safada e perturbadora entre uma criança e um adulto (pode chamar o 190).

O sucesso de Boku no Pico se deu pela bizarrice, o boca a boca (no bom sentido) fez os episódios ficarem mais e mais famosos e se tornarem motivo de meme na internet. Quer saber se aquele seu colega tem coragem tal qual um cavaleiro de Athena? Desafie ele a assistir os três episódios de Boku no Pico e o veja falhar miseravelmente.

Quando começamos o primeiro episodio já sentimos que existe algo errado com aquela parada, o computador treme, sobe uma fumaça preta, o FBI te manda uma solicitação de amizade no Facebook, alguma coisa errada não está certa. Eu confesso que não sobrevivi a toda essa tortura, com apenas 5 minutos de episódio eu já estava tentando achar um maçarico para torrar meus olhos e pedindo perdão por todos os meus pecados.

O que mais me deixa curioso é como uma produtora aceita fazer essa parada, ou pior, como um cara demente consegue pensar em uma bizarrice dessas (por sinal o nome do cara que escreveu Boku no Pico é Katsuhiko Takayama, se ele passar perto de você na rua atravessa para o outro lado). “Mas Luis, você não assistiu os três episódios, o que acontece depois?”. Você quer saber, eu falo pra você, aparecem mais dois garotos andrógenos tal qual Pico, o Chico e o Coco, e o que já era uma putaria vira um Sodoma e Gomorra, parece que o autor fez os episódios como se o primeiro fosse o level easy, o segundo o normal e o terceiro o hard.

Agora, lá no primeiro paragrafo eu falei que iria listar os motivos para você assistir Boku no Pico, como promessa é divida e eu não gosto de ter ninguém me cobrando depois, vou falar para vocês então.

MOTIVO NÚMERO 01: Você se odeia. Se você se odeia ou quer se punir por algo muito errado que você fez (mas tem que ser muito errado mesmo), assistir isso pode te fazer sentir mais culpa ainda e quem sabe mudar sua vida e decidir seguir o caminho da luz.

MOTIVO NÚMERO 02: Você foi desafiado. Se alguém te desafiou para assistir Boku no Pico é praticamente impossível não ver, é quase como a fita do O Chamado, uma corrente maldita que quem já viu quer compartilhar e fazer com que mais gente veja e sofra, quase como um vírus.

MOTIVO NÚMERO 03: Não sobrou mais nada para assistir no mundo Exceto TV Gazeta e Boku no Pico. Eu ainda consideraria assistir Gazeta, mas pode ser que seu único entretenimento no mundo se torne assistir esse anime maldito.

MOTIVO NÚMERO 04: A vida de alguém depende disso. Se alguém sequestrar um ente querido seu e pedir como resgate que você assista um episodio de Boku no Pico eu consideraria assistir, mas desde que você ame muito essa pessoa sequestrada (ou ame muito Boku no Pico).

Não consigo pensar em mais motivos que justifiquem assistir esse anime from hell, na verdade só de lembrar o que eu vi, já arrepia o braço, o que foi visto jamais será desvisto. Em geral eu digo que se você for muito curioso e nunca se arrependeu de nada na sua vida, essa é a oportunidade, pegue um baldinho de pipoca, um baldinho de vomito e boa sorte tentando assistir esse clássico contemporâneo, esse anime melhor do que Naruto, Dragon Ball, Samurai X e todos os outros que é Boku no Pico.

 

texto por: Luis Hunzecher

5 comentários em “Sanatório Jornalístico: Por que (não) devo ver Boku no Pico

  • 21 de maio de 2020 em 21:16
    Permalink

    É muito doido eu querer assistir só por curiosidades?

    Resposta
    • 2 de junho de 2020 em 13:33
      Permalink

      Não, porém você vai assumir o risco dos seus traumas mentais e psicológicos. Mais se você por acaso for fã de hentai acho que vc vai gostar 😀

      Resposta
  • 19 de junho de 2020 em 17:42
    Permalink

    Como ousa falar dessa obra prima superior a deuses seu herege maldito,Boku no pico é mais que um Deus é mais que o melhor anime do multiverso AMO BOKU NO PICO.

    Resposta
  • 23 de junho de 2020 em 16:27
    Permalink

    boku no pico foi um dos melhores hentais que ja assisti na minha vida, olhando tudo por um ponto de vista racional, não tem nada de errado no hentai, só o primeiro episodio que pode ser chocante para as pessoas mais normais e genericas, pelo motivo de ter um adulto no meio da brincadeira, na minha opnião, uma parte muito interessante da vida, é quando vc assiste um hentai/porno estranho por curiosidade, os de mente fraca normalmente vai se culpar e seguir as normas e regras sociais da comunidade onde ele vive, considerando o hentai bizarro, horrivel, etc. outros vão olhar por um ponto de vista racional e egoista, e vai formar sua propria opnião, isso sem dar a minima para o superego, para o que as outras pessoas vão pensar dele, ele vai se interessar mais ainda por hentais e pornos parecidos com esse, e vai achar o que ele gosta e ser feliz. (foi o que aconteceu comigo).

    Resposta
  • 1 de julho de 2020 em 17:05
    Permalink

    Kkkkkkk Boku no pico é uma ferramenta necessária para as fujoshis iniciantes

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *